Sexta-feira, 18 de Setembro de 2009

vamos lá a ver se a gente se entende...

Confesso que não dei muita importância às denúncias de supostas escutas, por parte do Governo, ao staff do Presidente da República. Tricas e laricas da bela política à portuguesa, entre duas "instituições" cujo relacionamento já conheceu melhores dias, pensei eu, apaziguando a alma, por saber que em ano de eleições vale (quase) tudo, e muito principalmente nestas.

 

Ora, tudo mudou hoje, quando o DN diz e, mais importante, prova, que a acusação (e consequente pedido de investigação por parte do PÚBLICO) partiu de Fernando Lima, um colaborador muito próximo do PR e, segundo o jornal, a pedido do próprio PR.

 

Resumindo: a PR suspeitou de um adjunto do PM, aquando de uma visita presidencial à Madeira. Daí às insinuações, por parte do PS, de que elementos da PR estariam a colaborar na realização do programa do PSD, foi juntar 2+2. Alguém nos anda a observar. Vai daí, Fernando Lima contacta o PÚBLICO e "entrega-lhe" a cacha. Ora investiguem lá esse gajo que se "infiltrou" na nossa comitiva na Madeira e vejam se não temos razão!

 

Até aqui, tudo bem. Isto acontece todos os dias no jornalismo. Mas é a partir daqui que as coisas começam a ficar um pouco mais turvas. O editor de política do PÚBLICO pede ao correspondente da Madeira para fazer a dita investigação. Pouco tempo depois, o jornalista informa que não existe história, porque o dito "infiltrado" não se infiltrou coisíssima nenhuma.

 

Posto isto, duas questões: porque é que o PÚBLICO decidiu avançar à mesma com a história? E porquê, mais de um ano depois (em plena época de pré-campanha)?

 

Estas questões não estão clarificadas na notícia do DN, e muito menos uma outra que eu também gostava de ver respondida: Como é que o DN teve acesso a todo este caso, inclusivamente a emails trocados entre jornalistas do PÚBLICO? Isto não é aflorado, mesmo que ao de leve na notícia.

 

Entretanto, o director do PÚBLICO acusa o SIS de ter interceptado estas comunicações, coisa que o SIS desmente.

 

Et, la pièce de resistance, o SOL avança que José Manuel Fernandes está de saída da direcção do PÚBLICO....

 

Alguém, por favor, me explica esta trapalhada?

publicado por Minhoca às 14:32
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. escrito na pedra

. ainda sobre a madeira

. é a economia, estúpido

. a capa da semana

. a madeira não é um jardim

. e eu sou o homem-aranha

. ora aqui está um artigo p...

. eu gostava mesmo era que ...

. ainda há boas notícias

. vergonha

.arquivos

. Agosto 2012

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds