Terça-feira, 24 de Novembro de 2009

a sede de justiça

Corrupção, falcatruas, enriquecimento ilícito, arrivismo pilítico, etc., têm sido temas avidamente lidos pelos portugueses na imprensa dos últimos meses, sempre com a esperança de verem crucificados "aqueles" que nos habituámos a odiar: os que enriquecem "facilmente", enquanto que nós, pobre povo cumpridor e trabalhador, não passamos da cepa torta.

 

Contra isto, (quase) nada contra. O problema é que nos esquecemos de ver a questão no seu todo. Normalmente, estes nossos ódios tendem a reacender em épocas de crise, o que é perfeitamente compreensível. Pois se nos mandam apertar o cinto, se nos obrigam a pagar mais impostos, se temos cada vez menos dinheiro, como é possível que meia-dúzia de "espertalhões", de afortunados, consigam ter cada vez mais dinheiro? É bom preocuparmo-nos com estas questões, assim como é bom que a Justiça esteja atenta. Agora, eu gostava mesmo é que nos lembrássemos disto sempre, e não apenas quando a crise aperta. Por norma, temos tendência a assobiar para o lado, quando connosco está tudo bem. E não nos esqueçamos que um estudo recente concluiu que a maioria dos portugueses até aceita certas formas de corrupção... Estranho, não é? Ou seja, quando nos toca a nós, conseguirmos um favorzinho, custe isso um cafezinho, ou uma garrafinha de whiskey por alturas do Natal, tudo bem.

 

Vem esta conversa toda a propósito da excelente entrevista do Público a Figueiredo Dias, o autor do Código Penal e do Processo Penal de 1987. Os portugueses andam com sede de justiça, porque sentem que andam, há demasiados anos, a ser enganados por políticos corruptos que só querem "poleiro". Estou inclinado a concordar, mas não se pode condenar ninguém, só porque "tenho um amigo que diz que um primo lhe disse que ouviu dizer que fulano tal..."

 

Para ler com atenção.

 

Entrevista a Figueiredo Dias

Se o jornalista investigar, "não há violação do segredo"

 

publicado por Minhoca às 15:00
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 1 seguidor

.pesquisar

.Agosto 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. escrito na pedra

. ainda sobre a madeira

. é a economia, estúpido

. a capa da semana

. a madeira não é um jardim

. e eu sou o homem-aranha

. ora aqui está um artigo p...

. eu gostava mesmo era que ...

. ainda há boas notícias

. vergonha

.arquivos

. Agosto 2012

. Setembro 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds